10/05/2024 - Cenário do milho

10/05/2024 - Cenário do milho
10 de may. de 2024 · 3m 43s

Olá, hoje é sexta-feira, 10 de maio de 2024, meu nome é Paulo Dullius, sou Assessor de Agronegócios no Banco do Brasil em Ijuí – Rio Grande do Sul e...

mostra más
Olá, hoje é sexta-feira, 10 de maio de 2024, meu nome é Paulo Dullius, sou Assessor de Agronegócios no Banco do Brasil em Ijuí – Rio Grande do Sul e vamos conversar sobre o cenário do milho.

    Os futuros no mercado externo se movimentaram positivamente nos últimos dias. Como fundamentos para o viés de alta, estão a desaceleração do plantio do cereal nos Estados Unidos, as enchentes em solo brasileiro, que estão afetando o Rio Grande do Sul e a produção na Argentina com problemas climáticos e ataques de pragas, além dos rumores de greves.

  De acordo com o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos, USDA, em publicação no dia 06 de maio, o plantio de milho americano chegou a 36% da área total, estando seis pontos percentuais abaixo do ritmo apresentado no mesmo período do ano passado. O contrato na Bolsa de Chicago, referência Julho/24, encerrou o dia 08 de maio cotado a U$4,60/bushel, alta na semana, superior a 1% se comparada a 30 de abril passado, quando a cotação fechou em U$4,46/bushel.

  Nesta sexta-feira, o órgão divulgará, às 14 horas de Brasília, seu relatório de oferta e demanda de grãos referente a este mês. Com a divulgação, o mercado poderá apresentar volatilidade, uma vez que a publicação indicará as perspectivas para as safras globais 2024/25.

  No Brasil, as cotações, tanto no mercado físico como nos futuros na B3, começaram a reagir e apresentaram alta na última semana. Além das valorizações no mercado externo, internamente a reação veio das enchentes que afetaram o Rio Grande do Sul, que ainda não finalizou a colheita do milho 1ª safra, e do tempo quente e seco em importantes regiões produtoras da 2ª safra, especialmente no Paraná e Mato Grosso do Sul.

  O indicador do milho referência CEPEA/B3 encerrou a quarta-feira dia 08, precificado a R$ 58,10 por saca.   O Banco do Brasil disponibiliza as Opções Agro BB e o termo de moedas (NDF), com o objetivo de proteger o produtor das oscilações de preços e as suas margens.

  Atualmente, temos opções de venda (PUT) referenciadas na B3, com vencimento em:

  - setembro/24, com strike/preço garantido entre R$ 57,97 e R$ 61,13 por saca, e
- novembro/24, com strike entre R$ 60,23 e R$ 63,60 por saca.

  Para simular o valor do prêmio da opção, bem como consultar outros vencimentos disponíveis acesse sua conta no APP BB > Menu Agro.

  Para maiores informações, consulte seu gerente de relacionamento.

  Conte sempre com a assessoria especializada em agronegócios e com toda a equipe do Banco do Brasil. Fica a dica de crédito consciente e sustentável. Até a próxima!!
mostra menos
Información
Autor Broto
Página web -
Etiquetas

Parece que no tienes ningún episodio activo

Echa un ojo al catálogo de Spreaker para descubrir nuevos contenidos.

Actual

Portada del podcast

Parece que no tienes ningún episodio en cola

Echa un ojo al catálogo de Spreaker para descubrir nuevos contenidos.

Siguiente

Portada del episodio Portada del episodio

Cuánto silencio hay aquí...

¡Es hora de descubrir nuevos episodios!

Descubre
Tu librería
Busca